Portais da Cidade
Xplosion games

Notícias na 25 de março

Listando: 1236 à 1239 de 1239
Curiosidade "empurra" internautas para os golpes virtuais

A mensagem chega à caixa de e-mail com o nome de um remetente desconhecido. No texto, geralmente cheio de erros de português,

o internauta diz ter saudades do tempo da escola e de toda a turma, sem especificar qualquer nome. Quando as memórias já

estão longe, surge a proposta irrecusável: "clique aqui para ver meu antigo álbum de fotos".

Pronto. Quando o internauta segue a sugestão, com a intenção de lembrar dos velhos tempos, instala involuntariamente em seu

computador um programa que pode desativar softwares de segurança, apagar arquivos ou até roubar as informações do micro

agora infectado.

Para fisgar as vítimas, piratas virtuais partem do princípio que elas caem nos golpes motivadas principalmente por quatro

fatores: curiosidade, carência, intenção de levar vantagem ou pura desinformação.

Com isso em mente, pessoas mal-intencionadas se dedicam à criação de falsas mensagens que sugerem o reencontro de velhos

amigos, fazem acusações ao destinatário, divulgam notícias bombásticas, revelam informações que trarão lucro fácil ou pedem

dados para um recadastramento importante. As táticas podem até parecer ingênuas, mas, se não trouxessem resultados, já teriam

sido descartadas --o que definitivamente ainda não aconteceu.

"As principais vítimas destes golpes são as pessoas que estão começando agora a navegar na internet, ou aquelas que não têm a

malícia do uso da informática", afirma José Antunes, gerente de engenharia de sistemas da empresa de segurança McAfee.

Sempre alerta

É necessário algum tempo de experiência on-line e muita informação para o usuário ficar realmente atento à parte ruim do

universo virtual. Ainda assim, pessoas familiarizadas com a rede --e, teoricamente, menos suscetíveis às fraudes virtuais--

nunca devem desdenhar daqueles que acreditam nos textos fraudulentos. Isso porque, no dia da bobeira ou em um momento de

distração, o link oferecido naquela mensagem esquisita pode fazer todo sentido.

O importante é estar devidamente protegido com soluções de segurança e ficar sempre alerta, já que cuidados simples podem

evitar grande parte dos golpes. O usuário não deve se considerar um sortudo ao receber um e-mail para a seleção do próximo

Big Brother Brasil, por exemplo, se ele nem se cadastrou no site do programa.

"Os problemas não devem ser uma desculpa para as pessoas deixarem de usar a internet. Ela veio para revolucionar a forma como

interagimos e, por isso, deve ser usada em sua plenitude", afirma Otávio Luiz Artur, diretor do IPDI (Instituto de Peritos em

Tecnologias Digitais e Telecomunicações). "Para isso, basta tomar alguns cuidados [no universo digital], assim como fazemos

em nosso dia-a-dia [universo real]", continua.

(Fonte: JULIANA CARPANEZ da Folha Online) - 08/01/2006
Aprenda a se proteger dos golpistas da internet

É fato: os internautas se preocupam menos com a segurança de seus computadores do que deveriam. Seja por preguiça, falta de

tempo ou desinformação, muitos deles ignoram cuidados básicos que os expõem às ações de piratas virtuais.

Prova disso é a aparição do vírus Netsky.P, identificado no início de 2004, no ranking das pragas mais ativas de 2005. Se os

internautas realmente atualizassem seus programas de segurança --que protegem contra o Netsky.P desde março de 2004--, a

praga teria sumido poucos meses após ser criada.

Veja algumas dicas para se proteger contra os golpistas:

-- Instale antivírus no computador e faça atualizações semanais.
-- Mantenha seu navegador sempre atualizado.
-- Nunca clique em links ou visite sites sugeridos em e-mails.
-- Nunca envie informações sigilosas via e-mail ou mensagens instantâneas.
-- Troque regularmente as senhas utilizadas em transações financeiras.
-- Crie um e-mail apenas para se cadastrar em sites. Se você receber mensagens de "velhos amigos" ou do seu banco neste

endereço, desconfie.
-- Parta do princípio de que dinheiro não vem fácil e pense duas vezes antes de aceitar propostas "incríveis" recebidas pela

internet.

Se você acha que seu micro foi invadido:

-- Deixe de acessar serviços de banco on-line e fazer compras pela web até resolver o problema.
-- Rode uma verificação do antivírus atualizado em toda a máquina. Desta forma é possível encontrar a praga e, em alguns

casos, removê-la.
-- Monitore regularmente suas movimentações financeiras.
-- Denuncie o golpe do qual foi vítima à Delegacia de Delitos e Meios Eletrônicos do Deic

(4dpdig.deic@policiacivil.sp.gov.br).
-- Caso perceba movimentações estranhas na sua conta corrente, entre em contato com o banco e peça orientações. O mesmo vale

para operadoras de cartão de crédito.
-- As vítimas de crimes virtuais devem sempre procurar uma delegacia e fazer um boletim de ocorrência.

(Fonte: JULIANA CARPANEZ da Folha Online) - 08/01/2006
Download de música cresce no Natal

Os downloads de música tiveram alta de 50% na véspera de Natal e no dia 25 de dezembro na loja on-line norte-americana iTunes, operada pela Apple, de acordo com dados da empresa Hitwise.

Para analistas, a alta se deve ao fato de os consumidores aproveitarem estes dias para comprar músicas para os iPods que ganharam de presente. A Hitwise também disse que as visitas a sites de download de músicas em geral registraram alta de 15% neste Natal em relação ao período do ano passado.

(Fonte: da Folha de S.Paulo) - 02/01/2006
Americanos gastam US$ 25 bi em Natal online

Preferência foi por computadores, eletrônicos e roupas. As vendas de brinquedos ficaram aquém das expectativas.

São Paulo - Os americanos movimentaram US$ 25 bilhões em compras feitas pela web, na primeira quinzena de dezembro, segundo o relatório Interactive´s Holiday eSpending, elaborado pelo Goldman Sachs, Nielsen/NetRatings e Harris.

Os gastos com computadores e eletrônicos no período somaram, respectivamente, 3,75 bilhões e 3,67 bilhões de dólares, representando 28 por cento do total das vendas online.

A preferência por roupas surpreendeu: os consumidores compraram US$ 4,68 bilhões em peças de vestuário. Já o despendido com brinquedos e videogames não foi tão grande quanto o esperado: apenas 1,91 bilhão de dólares.

Heather Dougherty, analista da Nielsen/NetRatings, citado pela agência de notícias Reuters, disse que os brinquedos deram vez ao iPod, player de música digital da Apple, e o smartphone Sidekick, da Danger.

O Interactive´s Holiday eSpending ouviu 1.013 adultos até 16 de dezembro. Quase metade deles disse que entrou diretamente nos sites das lojas virtuais para fazer suas compras, digitando seus endereços nos navegadores. O restante utilizou sistemas de buscas como o Google e Yahoo.

(Fonte: Estadão - João Magalhães) - 02/01/2006
Listando: 1239 de 1239

Anuncie

Sobre o Portal da 25

O Portal da 25 foi lançado em 01 de maio de 2001, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua 25 de março no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para área pessoal e doméstica.